Feirão limpa nome Serasa

A agora está com um facilitador, reune em um evento credores e devedores para uma conciliação de dívidas, ela usa sua experiência para ajudar a dirimir dúvidas e tentar fechar um acordo, mais informações você pode tirar pelo telefone 11 3373-7272.

Antes de qualquer coisa segue algumas dicas que o passa para a negociação.

  • Antes de renegociar, faça as contas e leve anotada uma proposta dentro do seu orçamento. Dica: Jamais recorra ao cheque especial ou a empréstimos com taxas muito altas. Busque opções mais baratas, como o crédito consignado, por exemplo.
  • Na hora de renegociar, leve as contas em atraso, cartas de cobrança e outros documentos que possam ajudar na negociação.
  • Avalie com calma as suas reais condições financeiras para pagar as dívidas: se você precisa de prazo, de desconto, ou das duas coisas.
  •  Fale abertamente com o atendente que irá avaliar o seu caso, deixando claro os motivos que fizeram você deixar de pagar as contas.
  •  Ouça a proposta que o atendente irá lhe apresentar e, caso você não esteja acessível a você, procure apresentar uma sugestão mais próxima das suas condições.
  • Ao fechar a renegociação, lembre-se sempre de pegar o comprovante que formaliza o acordo sobre o pagamento da dívida.
  • Não caia no golpe de supostas empresas que dizem recuperar o seu crédito de maneiras milagrosas.

Lembre-se:

  • As únicas formas de regularizar uma dívida é efetuando o pagamento ou fazendo um acordo formal com a empresa credora.
  • Você mesmo pode renegociar a sua dívida e não precisa pagar a ninguém para fazer isso.
  •  A renegociação de dívidas mostra que você quer pagar o que deve e é o único caminho para a solução de seus problemas financeiros. Valorize essa oportunidade e cumpra o acordo realizado.

Agora com a chegada do 13° Salário pode ser a hora de colocar as contas em dia, faça sua parte.